É possível transferir o financiamento imobiliário para outra pessoa veja

É possível transferir o financiamento imobiliário para outra pessoa

Os contratos de financiamento imobiliário existentes no mercado costumam prever a possibilidade de transferência para outra pessoa. Dessa forma, caso não haja impedimento contratual expresso, é possível passar esse compromisso para as mãos de outro indivíduo.

Confirme se a pessoa que assumirá este novo financiamento possui um perfil financeiro apropriado para assumir as obrigações
Confirme se a pessoa que assumirá este novo financiamento possui um perfil financeiro apropriado para assumir as obrigações

[Ler mais …]

Saiba quais documentos você precisa apresentar para comprar o seu primeiro imóvel

Saiba quais documentos você precisa apresentar para comprar o seu primeiro imóvel

Comprar a casa própria é realmente uma grande conquista. Mas também é um momento que exige paciência para resolver os trâmites burocráticos. Segundo o gerente de vendas online da construtora MBigucci, Lucas Ocampo Striani, o primeiro passo é escolher o empreendimento e definir a forma de pagamento. “Depois disso, ele tem de apresentar os documentos pessoais e do cônjuge, se houver”, explica. São necessários RG, CPF, certidão de estado civil, comprovante de endereço, comprovante de renda e imposto de renda.

 

Procure informações
Procure informações

[Ler mais …]

Veja seis dicas para ter uma casa mais fresca

Dicas para ter uma casa mais fresca

Os dias quentes de verão estão cada vez mais escaldantes. E a tendência é que as temperaturas aumentem ano após ano. Para fugir do forno, preparamos algumas dicas que vão desde a escolha de revestimentos até a definição de objetos – como lâmpadas e cortinas – para garantir o conforto no seu lar.

cortinas

[Ler mais …]

Financiamento imobiliário – Tire suas dúvidas sobre as novas regras da Caixa

A Caixa Econômica Federal anunciou que vai financiar somente 50% do imóvel usado adquirido com recursos da poupança. A regra começou a valer no dia 4 de maio, mas as dúvidas sobre o assunto ainda permanecem na cabeça das pessoas.

Segundo Daniele Akamine, advogada especialista em mercado imobiliário, o imóvel usado é o maior volume de financiamento que tem no país. Com a nova medida da Caixa, o consumidor vai precisar ter pelo menos 50% do valor do imóvel para dar de entrada na compra de um apartamento.

A caixa altera a forma de financiar seu imóvel.
A caixa altera a forma de financiar seu imóvel.

Dados do Banco Central mostram que o total de financiamento no ano de 2014 foi de mais de 345 mil imóveis, sendo que 58,6% para imóveis usados e 41,4% para imóveis novos. Em janeiro de 2015, foram mais de 31 mil unidades financiadas, em que 54,9% correspondem a usados.

Para esclarecer as dúvidas sobre as novas taxas da Caixa, o ZAP convidou Daniele para responder algumas perguntas relacionadas ao assunto e também a dúvidas em geral de leitores sobre o financiamento.

Assista ao vídeo:

O ZAP é uma ferramenta ao corretor de imóveis. As matérias diárias e têm o foco de ajudar o corretor sempre atualizados sobre o mercado em que ele atua, dando sempre toques e trazendo o que o de mais novo visando um destaque de vendas e o contato  próximo com os clientes.

Saiba como as mudanças da Caixa afetaram o financiamento imobiliário

Com as mudanças das taxas e regras da Caixa Econômica Federal para o financiamento imobiliário, que passaram a valer em maio, quem comprar um imóvel usado pelo SFH (Sistema Brasileiro de Habitação) deverá dar uma entrada de no mínimo 50% e financiar a outra metade. Antes, a entrada mínima era de 20%. No caso do SFI (Sistema Financeiro Imobiliário), o valor mínimo da entrada passou para 60% e o consumidor pode financiar os outros 40%.

Casa é na Support Imoveis
Casa é na Support Imoveis

 

Segundo Daniele Akamines, sócia-diretora da Akamines Negócios Imobiliários, os outros bancos ganham competitividade com as novas regras e estão com disposição para continuar emprestando. Assim, tais instituições podem ocupar a fatia do mercado que não está sendo suportada pela Caixa. “O Bradesco, por exemplo, anunciou no último mês que pretende crescer cerca de 20% no crédito imobiliário neste ano”, conta. [Ler mais …]